Quantcast

Já é possivel pagar aulas de condução com sexo na Holanda

0
iPixel – Leaderboard

Holanda que legalizou o uso da marijuana para fins recreativos acabou de se tornar o criador do conceito muito famoso “Dar uma voltinha para conduzir”, que na prática se traduz numa nova maneira de tirar a carta de condução. A iniciativa de pagamento deve partir do próprio instrutor ou instrutora e tanto ele como o instruendo têm de ser maiores de idade. Medida já está incluída na legislação holandesa.

Na Holanda, já é possível os alunos pagarem as aulas práticas de condução com sexo. Essa medida já foi aprovada e legislada e, para ser elegível, é preciso que a iniciativa parta do instrutor e não do instruendo. Ainda assim, para que a prática não constitua crime, ambos têm de ser maiores de idade

A proposta está a causar polémica dentro da esfera política. O partido da Unidade Cristã “The Telegraph”, considerou esta prática como “prostituição ilegal”, definição essa que obteve resposta imediata tanto por parte do ministro dos Transportes como da ministra da Justiça da Holanda.

“Não se trata de oferecer actividades sexuais a troco de uma remuneração, mas sim oferecer uma lição de condução. É importante que a iniciativa seja do instrutor e se foque na oferta de uma lição de condução, com o pagamento a ser feito em actos sexuais. Quando é oferecido um ato sexual em troca de um pagamento financeiro, isso é prostituição”, escreveu Melanie Schultz van Haegen e Ard van der Steur na carta enviada ao Parlamento.

Lembra-se que que na Holanda também já havia legalizado o uso da marijuana para fins recreativos.

Deixe a sua opinião!

Partilhe.