Motoristas dos transportes públicos e táxis devem fazer o uso de máscara mesmo sem passageiro


O uso de máscaras faciais em locais públicos continua a ser obrigatório no país, reafirmou, esta quarta-feira, em Luanda, o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.

Adão de Almeida clarificou que o uso de máscara facial continua a ser obrigatório na via pública, locais fechados, mercados e transportes colectivos.

Publicidade

“Há certos lugares que o uso da máscara é obrigatório, como via publica em geral (quando sair da sua residência deve sair com máscara), em locais fechados, nos mercados quer para os comerciantes quer para os compradores e outros prestadores de serviços que estejam no mercado é obrigatório o uso da máscara, do mesmo modo, nas vendas ambulantes”, começou por dizer o ministro.

“Nas viaturas como táxi ou transporte público, neste caso por ser um transporte colectivo, o motorista deve se manter com a máscara mesmo que esteja sozinho porque a qualquer momento poderá entrar um passageiro no carro”, clarificou Adão de Almeida.

Segundo o novo Decreto Presidencial sobre a Situação de Calamidade Pública, o não uso de máscara em locais públicos e transportes colectivos públicos e privados de passageiros é punível com multa de cinco a 10 mil kwanzas.

Entretanto, ao abrigo do novo diploma, deixa de haver a obrigatoriedade do uso de máscara facial em viaturas particulares.

O país conta agora com 3.092 casos confirmados, dos quais 126 óbitos, 1.245 recuperados e 1.721 activos, entre eles 3 em estado crítico sob ventilação mecânica invasiva, 24 em estado grave, 46 moderados e 48 leves.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *