Morte de estudante electrocutado no Sequele gera indignação nos populares


Um adolescente, de 14 anos, morreu, nesta sexta-feira, 04 de Dezembro na Centralidade do Sequele, em Cacuaco, vítima de electrocussão, no interior de uma paragem de transportes públicos. Indignados com a situação, moradores daquela localidade prometem fazer uma manifestação.

O facto ocorreu por volta das 17h00, quando a vítima ia à busca do seu irmão na escola porque chovia com muita intensidade, o menor  procurou abrigo em uma das paragens para se proteger da chuva. O adolescente terá sido atraído pelos cabos eléctricos de suporte à iluminação daquele equipamento público, que se encontram descarnados.

Publicidade

Na sequência, devido a pressão eléctrica, o adolescente foi projectado para uma lagoa , situação que aumentou a intensidade do choque eléctrico, e dificultou qualquer reacção.

De acordo com o Jornal de Angola, os populares chegaram a comunicar a ENDE que efectuou o corte da energia na Cidade do Sequele, mas a medida não foi suficiente para evitar a morte do estudante da 8ª classe. O adolescente foi declarado morto após à  chegada dos efectivos do Serviço de Investigação Criminal no local, que na sequência removeram o corpo.

O incidente provocou indignação dos moradores da Cidade do Sequele, que prometeram realizar uma manifestação defronte à Administração do Distrito Urbano do Sequele, em protesto pelo sucedido, pós alegam  ser inconcebível aceitar que um cidadão perca a vida naquelas circunstâncias, vido que as autoridades têm conhecimento do mau estado dos equipamento naquela zona.

O administrador-adjunto para a Área Técnica, do Distrito Urbano do Sequele, que cedeu uma entrevista ao referido órgão de comunicação, disse lamentar o sucedido e chegou até a garantir que será elaborado um relatório na sequência de uma reunião técnica e de avaliação entre funcionários da Administração, Empresa Nacional de Electricidade (ENDE) e efectivos dos Bombeiros.

“Lamentamos profundamente”, disse Evandro Paim.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *