MinFin “reprova” contratos do GPL com operadoras de lixo em Luanda


O Ministério das Finanças devolveu recentemente contratos que o Governo Provincial de Luanda assinou no fim do mês transato, com as operadoras que venceram o concurso público para a recolha de resíduos sólidos na capital até ao final deste ano, em função de várias regularidades constatadas e, aguarda agora por revisões. 

De acordo informações apurada pelo Jornal Expansão, os contratos assinados no dia 31 de Março com as empresas privadas Sambiente, Chay Chay, Multi Limpeza, Consórcio Dassala/Envirobac, Jump Business, ER-Sol e a pública Elisal, contêm irregularidades que colocam em causa inclusive o objecto do contrato.

Publicidade

Em função destas irregularidades detectadas os contratos estão a ser revistos  e terão que ser nivamente assinados entre as partes.

 

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *