Jovem vende rins à uma rede de traficantes de órgãos para poder comprar iPhone


O jovem Xiao Wang, morador da província de Hunan, no sul da China, contactou uma rede ilegal de tráfico de órgãos sem que sua família suspeitasse, para vender um rim a fim de poder comprar um iPhone.

Na época com 17 anos, Wang queria muito um iPhone, mas sem dinheiro para comprá-lo, decidiu vender um de seus rins por 3 mil dólares, tendo garantia dos traficantes de que poderia viver tranquilamente com um rim só.

Publicidade

Com o dinheiro, recebido após a operação, Wang comprou um iPhone e um iPad, mas pagou um preço alto quando começou a ter problemas graves de saúde.

Após a sua família ter descoberto a situação por desconfiar da origem do dinheiro que o jovem usou pra comprar os objectos e por notar o seu problema de saúde, denunciaram o caso à polícia, que prendeu nove pessoas envolvidas no caso, sendo de seguida condenados pela Justiça chinesa entre 3 e 5 anos de prisão.

Apesar da condenação e da indemnização de 200 mil dólares recebida pela família, as consequências da retirada do rim nunca poderão ser revertidas, Wang contraiu uma infecção que levou à falência progressiva de seu único rim restante, tornando-o depende de uma máquina de hemodiálise e precisa de assistência médica 24 horas por dia.