Jovem é acusado de queimar e matar a namorada


Um jovem angolano, de 19 anos, foi detido pela Polícia Nacional, sob acusação de homicídio qualificado de uma cidadã, de 18 anos, em Cacuaco, com quem manteve supostamente uma relação amorosa.

Segundo falou o porta-voz da Polícia Nacional de Luanda, Nestor Goubel, alguns testemunhas disseram que o crime ocorreu no interior de uma casa residência, no bairro dos Mulenvos de Cima, na rua 3, onde ambos se encontravam, sem o consentimento dos familiares da vítima.

Publicidade

Em declaração a imprensa o responsável, explicou que a detenção do acusado do homicídio ocorreu por conta de uma  uma denúncia feita pelos moradores.

O porta-voz  aproveitou a oportunidade para fazer um apelo para que os cidadão evitem incorrer o acto da justiça pelas próprias mãos.

“O crime não compensa. Por isso, as pessoas devem ter consciência que o crime não resolve problemas, quando se pode partir para o diálogo e evitar desgraças como as que vitimaram a jovem carbonizada nos Mulenvos”, realçou o oficial da Polícia Nacional.

Nestor Goubel destacou ainda que os pais devem ter mais atenção e maior controle a fim de saberem com quem andam e por onde passam os filhos.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *