Infeção pela “Ómicron” é mais frequente em crianças, revela estudo


Um novo estudo revela que as infeções pela Ómicron, nova variante da Covid-19, são três vezes mais frequentes em crianças entre os cinco e os 11 anos.

De acordo com os estudos “React-1”, os investigadores, estimam que 4,47% das crianças em idade escolar tenham estado infetadas entre 23 de novembro e 14 de dezembro.

Publicidade

Mesmo com o avanço da vacinação entre as crianças, a taxa de infeção caiu mais de metade. Já entre as pessoas com 75 anos ou mais, verificou-se uma redução de aproximadamente dois terços.

Os investigadores sugerem também que a variante Ómicron irá tornar-se dominante no país e a um ritmo 3,5 vezes superior à Delta.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *