Incêndio em avião em Moscovo mata 41 pessoas


Pelo menos 41 pessoas morreram e seis ficaram feridas depois de um avião de passageiros da companhia Aeroflot se ter incendiado ontem à tarde no aeroporto de Sheremetyovo, em Moscovo, segundo a imprensa russa.

Incêndio em avião em Moscovo mata 41 pessoas

A aeronave, pertencente à companhia russa Aeroflot, tinha decolado do aeroporto do Sheremetievo no domingo às 18h02 (horário local, 20h02 em Luanda), mas menos de meia hora depois, o avião retornou ao aeroporto, onde realizou uma aterrissagem de emergência. Ao chegar, o avião com seus tanques de combustível cheios, colidiu com a pista e explodiu em chamas.

O avião do modelo Sukhoi Superjet 100, “enviou um sinal de emergência logo após a decolagem, fez uma primeira tentativa fracassada de pouso de emergência e depois, no segundo, atingiu o solo com a fuselagem”. A informação é de uma fonte do aeroporto citada pela Interfax. De acordo com a agência Ria Novosti, um problema elétrico teria causado um incêndio no meio do voo.

Segundo a agência Ria Novosti, o avião de passageiros, Sukhoi Superjet 100, fazia a rota entre Moscovo e Murmansk (norte da Rússia) e um mau funcionamento elétrico pode ser a causa do incêndio durante o voo.

No avião seguiam 73 passageiros e seis membros da tripulação.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *