INAC regista mais de quatro mil casos de violação contra criança no espaço de um ano


O Instituto Nacional da Criança (INAC), registou quatro mil e 274 casos de violação sexual contra menores, no espaço de um ano, ao que representa uma grande preocupação por parte da instituição segundo alega a directoria-geral adjunta desta instituição.

Elisa Gourgel, directora-geral adjunta do INAC, que falava durante a sua participação numa palestra de “Prevenção e combate à violência doméstica contra a criança”, no âmbito da campanha nacional de proteção de menores, afirmou que estes casos foram todos registados desde junho de 2020 até ao igual período de corrente ano.

Publicidade

A responsável ainda realçou que muitos destes casos de violação contra a criança, têm um elevado grau nas províncias de Luanda com 2.354 casos, Benguela com 581, Huila 490 e em seguida a província do Huambo com (223) casos.

O INAC actualmente conta também com uma linha de SOS Crianças, para que possam ser feitas as denuncias e pedidos de ajuda contra casos de violação de menores. Elisa Gourgel aconselha as famílias a passarem a praticar mais o dialogo dentro das suas residências, principalmente com as crianças em fase da puberdade.

O Instituto Nacional da Criança, demonstra uma certa preocupação com o nível de aumento de casos violação contra a crianças em vários pontos do país, e na palestra em questão, a directora geral-adjunta do INAC apontou as escolas, igrejas e famílias como sendo os sítios onde mais acontece tais praticas, alegando que muitos deles são praticados por familiares ou pessoas próximas as vitimas.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *