Hotel Intercontinental diz que 900 empregos é uma meta que só vai se concretizar quando o projecto estiver em pleno funcionamento


A direcção do Hotel Intercontinental Luanda Miramar esclarece que tem em meta o recrutamento gradual de até 900 funcionários quando o projecto estiver em pleno funcionamento e a demanda do mercado assim o justificar.

O esclarecimento surge após ter se registado, esta quinta-feira, uma enchente de cidadãos à frente do hotel à procura de emprego.

Num comunicado a que a Angop teve hoje acesso, a instituição informa que o processo de recrutamento está a obedecer às melhores práticas, tendo sido publicado no Jornal de Angola, nas edições dos dias 20 de Agosto e 15 de Setembro último, nas quais foram anunciadas vagas para 85 posições, nesta fase inicial.

Até ao momento, foi constituída uma base de dados com 23.872 interessados, dos quais foram selecionados 3.597 que reúnem os requisitos para as posições anunciadas, sendo que apenas 150 serão contratados nesta fase de arranque do empreendimento.

Segundo o documento, os próximos processos serão oportunamente publicitados, devendo os interessados, que preencham os critérios estabelecidos, submeter as suas candidaturas.

Refere que o hotel irá assegurar toda a formação e treinamento do pessoal contratado para que estejam em conformidade com o padrão de qualidade do serviço e atendimento dos clientes do grupo espalhados por todo o mundo.

Inaugurado quarta-feira pelo Presidente da República, João Lourenço, o Hotel Intercontinental Luanda Miramar vai criar 900 empregos directos. O empreendimento tem 24 andares e 377 quartos.

 

Angop

PUB

Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *