Filho mata o pai à catanada por não ter devolvido 20 mil kwanzas


Um cidadão angolano de 32 anos de idade, matou o seu progenitor por este não ter devolvido a quantia de vinte mil kwanzas que o havia pedido emprestado. O peso de consciência fê-lo confessar o crime, e o mesmo já se encontra a contas com a justiça.

Ultimamente o país tem registado vários assassinatos onde o autor do crime e a vítima são membros da mesma família. O triste cenário teve lugar no bairro do Rock, município de Lucapa, província da Lunda Norte, nesta sexta-feira (15).

Publicidade

Em sua defesa, o cidadão de 32 anos diz ter se irado quando pediu a devolução do seu dinheiro, e o pai não tinha para dar, aí pegou numa catana artesanal e golpeou o progenitor no pescoço, esse não resistiu e faleceu no momento.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *