Expositores nacionais lideram a lista com 69% de participação na 35ª edição da FILDA


O Ministério da Economia e Planeamento em parceria do Eventos Arena, realizam de (09 à 13) de Julho, a 35ª edição do evento multissectorial de exposição e negócios, que junta anualmente, empreendedores nacionais e internacionais numa plataforma multidimensional que propicia o estabelecimento de contactos e relação comerciais, a ter lugar no habitual espaço de exposições da Zona Económica Especial de Viana. 

Expositores nacionais lideram a lista com 69% de participação na 35ª edição da FILDA

Sobe o lema “Dinamizar o sector privado e promover o crescimento económico”, este ano a Filda vai ser realizada num espaço útil de 20 mil metros quadrados, este que irá albergar cerca de 750 empresas inscritas dentre as quais nacionais e estrangeiras, sendo mais de 60 nacionais com destaque para os serviços de saúde, comercio geral, alimentar, construção e decoração de interiores, educação, transporte, sector petrolífero, tecnologias e telecomunicações, prestação de serviço e outros.

Para o certame de grande projecção internacional, que tem sido, ao longo de mais de 35 anos, considerada como uma das maiores portas de entrada de investimento directo estrangeiro, bem como, uma das principais alavancas de promoção e produção nacional conta também com a participação de 22 países, entre eles, Haiti, Portugal, Alemanha, Indonésia, Turquia, França, Índia, China, Reino Unido, Noruega, Suécia, Suíça, Israel, Brasil, Japão, Bielorrússia, Uruguai, Itália e Macau (uma das regiões administrativas especiais da República da China).

Expositores nacionais lideram a lista com 69% de participação na 35ª edição da FILDA

De acordo com a Directora do Gabinete de Comunicação e Imagem do Ministério da Economia e Planeamento, Ana Celeste Baptista, que falava durante a em conferência de imprensa, nesta  quinta-feira (20) de Junho, “a exposição terá o apoio da União Europeia”. Ana Celeste Baptista, disse ainda, que o número de solicitações de empresas estrangeiras para o evento reflecte a pretensão e os esforços do Executivo de atrair mais investimentos para o país.

Por sua vez, o presidente do Conselho de Administração do Grupo Eventos Arena, Bruno Albernaz, que fazia parte da banca, frisou que, “entre outros eventos, o programa prevê a realização de uma conferência internacional sobre modalidade de financiamento para o desenvolvimento económico”.

Expositores nacionais lideram a lista com 69% de participação na 35ª edição da FILDA

Após o encerramento das portas, a organização promete, como habitual, uma gala que galardoa os expositores mais eminentes da 35ª edição da Feira Internacional de Luanda.

A FILDA – Feira Internacional de Luanda, continua a afirmar-se como uma referência profissional e grande palco de promoção dos sectores de Indústria, Comércio, Serviços e dos mais variados sectores do nosso país.

Nesta edição, estima-se alcançar os 17.000 mil visitantes em comparação aos 10.500 do ano de 2018.

Com vista para o incremento ao emprego a Eventos Arena criou uma bolsa de emprego onde os interessados poderão enviar os seus Curriculum Vitae, e que serão estes encaminhados aos expositores mediante necessidade de recrutamento para trabalho temporário ou não.

Os bilhetes estarão a venda no local do evento ao preço de 2 mil kwanzas, e a exposição estará aberta das 10h00 as 18h00 durante os cinco dias do certame.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *