EUA declara emergência de saúde pública por varíola dos macacos


O governo dos Estados Unidos declarou nesta quinta-feira, 4 de Agosto, que o surto de casos de varíola dos macacos é considerado a partir da referida data, uma “emergência de saúde pública” no país.

A emergência nacional é anunciada no momento em que o número de casos confirmados ou suspeitos da doença ultrapassa 6.600, segundo dados dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês). Os EUA lidera o ranking de casos da doença no mundo, à frente da Espanha, Alemanha e Reino Unido.

“Estamos preparados para elevar a resposta a este vírus a outro patamar e estamos todos os americanos a levar a sério a varíola dos macacos e assumir a responsabilidade de nos ajudar a enfrentar este vírus”, disse o secretário de Saúde e Serviços Humanos, Xavier Becerra.

Segundo o site internacional “New York Times”, ao adoptar a medida, as agências do governo vão receber dinheiro de fundos de emergência, contratar mais pessoas para agilizar a vacinação e tratamento dos doentes.

Importa realçar que recentemente a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou uma emergência global por causa da varíola dos macacos, pois, havia confirmação de infecções pelo vírus em 70 países onde nunca tinha sido detectado.