Estrada angolana nomeada ao prémio chinês de construção civil na China


A Estrada Nacional 100, entre os municípios de Nzeto e Soyo, no noroeste de Angola, foi distinguida com um prémio de qualidade em construção civil atribuído pela província de Qinghai, no noroeste da China.

O departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano-Rural de Qinghai anunciou, em comunicado divulgado esta quarta-feira (3) de Fevereiro, os 14 nomeados para a primeira edição do prémio destinado a empreiteiros locais.

Publicidade

A construção da estrada que liga os dois municípios da província de Zaire foi o único dos projetos nomeados que não foi implementado na China.

O prémio pretende encorajar a indústria da construção civil de Qinghai a apostar em “projetos de elevada qualidade”, nomeadamente através da formação de técnicos qualificados que possam contribuir para o desenvolvimento da província, referiu a nota.

O projeto da Estrada Nacional 100 foi liderado pela empreiteira Sinohydro Engineering Bureau 4 Co Ltd, com o apoio da empresa-mãe, o grupo estatal chinês PowerChina International Group Ltd.

A estrada, inaugurada em agosto de 2017, tem uma extensão de 150 quilómetros e nove pontes, uma delas sobre o rio Mbridge, que foi construída pela empresa portuguesa Conduril – Construtora Duriense SA, através de um contrato de 103,8 milhões de euros.

O contrato foi inserido na Linha de Crédito Angola-Portugal, com recurso ao seguro à exportação da Companhia de Seguro de Créditos, garantido pelo Governo português.

 

Lusa


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *