Ministério das Finanças e banco alemão assinam acordo de $500 milhões


O acordo assinado hoje, quinta-feira (23), pelo Ministério das Finanças angolano e o banco alemão Commerzbank no valor de 500 milhões de dólares, que acontece durante a visita do Presidente angolano, João Lourenço, à Alemanha, tem como principal objetivo “o financiamento de infraestruturas críticas para o desenvolvimento económico de Angola e a importação de equipamento diverso de origem germânica”.

Numa nota enviada pelo governo angolano à Lusa, pode ainda ler-se que o acordo “marca o início de uma nova etapa nas relações bilaterais.”

Publicidade

“Neste novo ciclo”, acrescenta o documento, “prevê-se que o financiamento público sirva como alavanca para o investimento privado”.

Hoje à tarde João Lourenço já tinha frisado as “boas relações de amizade e cooperação económica” que existem entre Angola e Alemanha, acrescentando ainda assim que “pode existir um incremento considerável”.

“Angola está na senda do desenvolvimento, precisamos de levar a industrialização para o nosso país porque é a única forma de garantir que levamos emprego para a nossa população, algo precioso. As indústrias são o que garante isso”, revelou o chefe de estado angolano durante uma conferência conjunta, ao início da tarde, com a chanceler alemã Angela Merkel.

Esta é a primeira visita de João Lourenço desde que tomou posse como presidente da República de Angola, há exatamente um ano.

Quinta-feira o chefe de Estado angolano tem um encontro marcado com o homólogo, Frank Walter Steinmeier, seguindo-se uma visita à Escola Profissional da Siemens e às futuras instalações da chancelaria da República de Angola.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *