Governo cancela inclusão do orçamento para construção de Centro Clínico Dentário na Cidade Alta


Foi durante a discussão do Orçamento Geral do Estado 2020 revisto, nesta segunda-feira (27) de Julho, que o Governo angolano tomou a decisão de cancelar a inclusão na revisão do orçamento o Projecto de construção do Centro Clínico Dentário na Cidade Alta, devido a pressão de alguns deputados da oposição e de diversas críticas da sociedade civil.

A reabilitação do edifício da casa protocolar B e a sua transformação num Centro Clínico Dentário da Presidência da República estava inscrita no Programa de Investimentos Públicos (PIP) com uma dotação orçamental de 3,3 mil milhões de kwanzas, o equivalente a 5 milhões de dólares norte-americanos, um valor duas vezes superior ao orçamento para construção de 17 hospitais, num perto perto de 2,1 mil milhões de kwanzas.

Publicidade

O montante é ainda três vezes maior que a verba 1,5 mil milhões disponível para o combate a Malária, principal causa de morte em Angola.

De acordo com a proposta do Orçamento Geral do Estado de 2020, revisto, que está em discussão na especialidade na Assembleia da República, que o NJ teve acesso, retira 2,3 biliões à versão inicial do OGE, entregava à Presidência mais 6,7 mil milhões, passando este órgão a ser dotado com 31.9 mil milhões contra os 25,1 mil milhões previstos antes.

Uma vez que o projecto não estava inscrito no Orçamento Geral do Estado 2020 antes da revisão, o OGE revisto, aprovado na generalidade no dia 15, prevê receitas e despesas estimadas em 13,5 biliões de kwanzas.

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *