Covid-19: Estudantes angolanos vindo da Rússia vão para quarentena institucional


Os mais de 250 estudantes angolanos provenientes da Rússia, neste domingo (17) de Maio, na sua maioria finalistas, foram postos em quarentena institucional. 

“Resgatados” pelo Governo angolano, através da TAAG, os estudantes, na sua maioria finalistas, vão cumprir a quarentena institucional obrigatória em diversas unidades hoteleiras em Luanda, preparadas para o efeito.

Publicidade

Na recepção ao grupo, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, explicou à imprensa que o repatriamento desses bolseiros é temporário e resultante de uma concertação entre os Estados angolano e russo.

“Os bolseiros vão para quarentena obrigatória. A Rússia é o terceiro país mais infectado com a covid-19. Em concertações com o Estado russo, decidiu-se o repatriamento temporário deste pessoal bolseiro, maioritariamente finalistas, um ganho para o país”, expressou em conversa com à Angop.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *