Covid-19: Angola anuncia circulação comunitária do vírus SARS-CoV-2


O  Coordenador da Comissão Interministerial, o ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Pedro Sebastião, anunciou nesta quarta-feira (15) de Julho, durante a conferência de imprensa, que Angola já conta com circulação comunitária em Luanda.

Segundo o ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Pedro Sebastião, a constatação resulta dos mais de sete mil casos positivos registados nos testes aleatórios realizados nos grandes aglomerados populacionais da capital do país.

Pedro Sebastião explicou que as autoridades sanitárias começaram por rastrear todos os casos considerados graves nos bancos de urgência e hospitais de referência, designados como centros sentinela, não tendo sido detetado “aumento exponencial de casos sem vinculo epidemiológico”, razão pela qual se optou pela testagem em massa.

Publicidade

Entre 08 e 11 de junho foi realizado um estudo transversal, tendo sido colhidas amostras de 7.500 pessoas em grandes conglomerados (mercados e controlo de saída de Luanda) através das quais foi possível perceber que os casos reativos não tinham vínculos epidemiológicos conhecidos, não tiveram relação com cordões sanitários e não viajaram para países com circulação comunitária.

Por este motivo, segundo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) foi declarada a circulação comunitária do novo coronavírus no país.

Durante os últimos dias, foram testados, nos mercados do 30, Kikolo, Asa Branca, no Mártires do Kifangondo e na província do Cuanza Norte, um total de 15 mil e 139 pessoas.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *