Cidadão é preso por fazer táxi com ambulância do INEMA


302 partilhas

Um cidadão acusado de exercer serviço de táxi com uma ambulância do Instituto Nacional de Emergência Médica de Angola (INEMA) foi detido nesta segunda-feira (1) de Junho, pela Polícia Nacional no município de Mbanza Kongo, província do Zaire.

De acordo com a Angop, que cita o SIC em Mbanza Kongo, o cidadão, por sinal motorista desta instituição na região, foi detido depois de ter saído com a viatura com o protesto de a mandar lavar  numa das estações da cidade, tendo sido encontrado no troço  liga Mbanza Kongo a comuna de Madimba a fazer táxi, com quatro passageiras a bordo.

Publicidade

Essas passageiras disfarçadas de enfermeiras, acrescenta a fonte, foram encontradas com batas descartáveis disponibilizadas pelo acusado para tentar ludibriar as autoridades policiais estacionadas ao longo da estrada nacional 120, que liga Mbanza Kongo à comuna de Madimba.

À imprensa, o responsável do INEMA na região, Manuel Jorge, confirmou a detenção do seu colega graças a uma denúncia anónima.

“Através de uma denúncia, fomos comunicados que havia uma ambulância do INEMA no troço rodoviário Mbanza Kongo/Madimba, quando na verdade só sabíamos que o motorista saiu para mandar lavar a viatura numa das estações da cidade”, explicou a fonte.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

302 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *