Campeã mundial de boxe morre após sofrer um enfarto


430 partilhas

A detentora do cinturão de campeão mundial de boxe,  Angelique Duchemin, morreu na passada terça feira (29 de agosto), na cidade de Perninhã, França, vítima de um enfarte durante o treino.

Campeã mundial de boxe morre após sofrer um enfarto

A pugilista francesa morreu aos 26 anos quando treinava em um club da cidade de Thur , diagnosticada com embolia pulmonar, que consequentemente sucedeu a sua morte. Angelique da WBF (Federação Mundial de Boxe) encontrava-se sobre os cuidados médicos desde o dia que sofreu o enfarte até a hora da sua morte.

Campeã europeia desde dezembro, Angelique era uma pugilista em ascensão detentora de várias medálias e títulos na sua categoria, tendo em seu cartel 14 vitórias (três por nocaute) e nenhuma derrota.

Será realizada uma autópsia em Montpellier para encontrar os motivos que levaram ao enfarto e a embolia.

 

 

 

 

 

Por: Agostinho Muhongo


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

430 partilhas