Cadeias de Angola vão poder contar com bibliotecas e salas de estudos


O Centro de Estudos “Ufolo” do Jornalista Rafael Marques, foi contratado pelo Governo, para ser responsável pela construção e apetrechamento das bibliotecas e salas de estudos nas penitenciários do país, segundo informou o porta-voz dos serviços prisionais, Menezes Cassoma. 

De acordo com o porta-voz dos serviços prisionais, Menezes Cassoma, que falava terça-feira (12) de Janeiro, a rádio Despertar, Centro de Estudos UFOLO visa nos próximos meses contribuir para fazer da sociedade civil angolana um agente activo, com intervenção real nas acções do poder político e com influência efectiva sobre as políticas e as atitudes que determinam o futuro do País.

Publicidade

Embora não ter revelado os investimentos financeiros que resultou do acordo, Menezes Cassoma avançou ainda  que paralelamente a essa iniciativa, o centro em questão, estará empenhada na formação de reclusos e agentes penitenciários em matérias técnico-profissional e direitos humanos

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *