Benguela pode começar a receber voos internacionais nos primeiros meses de 2019


2.1k partilhas

O aeroporto da Catumbela, na província de Benguela, que entrou em operação em 2012, terá condições de receber voos internacionais nos primeiros meses de 2019, garantiu nesta quarta-feira (27), de Novembro, o director da Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea (Enana), Armindo Chambassuco.

Benguela pode começar a receber voos internacionais nos primeiros meses de 2019

Falando à Angop, na sequência da visita do ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, àquela infra-estrutura aeroportuária, o responsável afirmou que já só falta cumprir as últimas das cinco etapas do processo para a internacionalização do terminal, nomeadamente a fiscalização, aceitação e a entrega da certificação pelo Instituto Nacional de Aviação Civil (Inavic).

Para Armindo Chambassuco, a manifestação do interesse da Enana para certificação – que ditará a internacionalização do aeroporto, e a análise dos documentos pelo Inavic, já foram ultrapassados para o aeródromo estar apto para rotas de voos internacionais.

Quanto ao estado das infra-estruturas, assegurou estarem quase todas operacionais, com destaque para a pista de três mil e 700 metros de comprimento e 45 de largura, capaz de receber em simultâneo, três aviões de grande porte como o Boeing 777-300 em horas de pico.

Apontou que, neste momento, o aeroporto da Catumbela, com uma capacidade instalada para atender 900 passageiros em hora de pico, já recebe voos noturnos, das 18h00 às 21h00, cujo benefício é visível por parte das pessoas que frequentemente usam o transporte aéreo.

Referiu também que, a outra situação preocupante é a subida do caudal do rio Catumbela, que transborda para o perímetro do aeroporto, situação que levou o Governo Provincial de Benguela a accionar um plano para construir um dique para o desvio do leito do rio, enquanto se aguardam por outras medidas.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

2.1k partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *