Anunciadas 7 empresas que vão passar a fazer a recolha de lixo em Luanda


O Governo da Província de Luanda(GPL), anunciou nesta segunda-feira, (29) de Março, as 7 empresas do ramo de limpeza e saneamento básico que vão passar a recolher os resíduos sólidos na capital .

O anúncio surge três meses após o GPL ter suspendido os contratos de prestação de serviço que mantinha com seis operadoras, uma situação que deixou Luanda inundada de lixo. O GPL recebeu propostas de 39 empresas onde muitas concorreram em duas áreas (município ou distrito) tendo sido afastadas as operadoras com quem o GPL rescindiu o contrato em Dezembro.

Publicidade

Estás operadoras candidataram-se no âmbito de um concurso público de emergência solicitado pelo Governo provincial de Luanda.

A empresa pública ELISAL vai limpar o município do Cazenga, a Er-Sol Luanda e  Icolo Bengo, a Sambiente os municípios da Quissama e de Viana. Em Cacuaco o trabalho de recolha dos resíduos caberá a Multilimpeza Lda, enquanto que no Belas a responsabilidade é da Jump Business Lda , sendo que no Kilamba Kiaxi caberá a Chay Chay Lda e por fim em Talatona a limpeza estará a cargo do Consórcio Dassala/Envirobac Lda.

Os trabalhos começam imediatamente após a assinatura dos contratos, com data prevista para 30 de Março.

De realçar que Luanda produz diariamente pelo menos 6.800 toneladas de resíduos sólidos e com as últimas chuvas agudizaram ainda mais a situação do lixo na capital.

Por: Anicia Gamboa


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *