Angola recebe 20 mil testes, máscaras, roupas de protecção e escudos para o Covid-19


Numa doação da Fundação Jack Ma e Alibaba, no combate à Pandemia do Coronavírus (Covid-19), nos países africanos, um carregamento contendo 20 mil testes de diagnóstico laboratorial, 100 mil máscaras médicas, mil roupas de protecção e escudos chegou nesta, quinta-feira (26) de Março, em Luanda.

A Fundação Jack Ma e Alibaba pretende distribuir, pelo continente, cerca de 1,1 milhão de kits de testes e seis milhões de máscaras para o continente africano prevenir-se do Co-vid-19. Consequentemente, Angola recebeu nesta manhã, um carregamento no total de 20 mil testes, máscaras, roupas de protecção e escudos, pela companhia Ethiopian Airlines.

Publicidade

Os materiais, provenientes da China, foram entregues pelas fundações Jack Ma e Alibaba, vai permitir aumentar 20 vezes mais a capacidade de resposta em termos laboratoriais, afirmou o secretário de Estado para Saúde Pública, Franco Mufinda.

O responsável, que falava no Aeroporto 4 de Fevereiro, em Luanda, afirmou que o país tinha apenas mil testes e passou a ter 21 mil.

Esclareceu que as máscaras e factos serão distribuídos em todas as províncias do país, enquanto os testes serão encaminhados para o Instituto Nacional de Saúde (INS), onde há capacidade para a realização destes exames.

Disse ser intenção do Governo potenciar as demais províncias para a realização de testes de Covid-19, aumentar o número de ventiladores, agregação de mais materiais de protecção individual e a capacidade laboratorial.

Em relação ao aumento da capacidade laboratorial, justificou que quanto mais testes forem realizados vai permitir ter a imagem real de como o país está em termos de incidência desta pandemia.

Referiu que o país tem apenas 21 ventiladores instalados no Hospital da Barra do Cuanza pretende-se aumentar este equipamento e serem instalados nos demais hospitais provinciais do país.

Pelo menos 30 países africanos já têm casos do Covid-19, a maior parte destes dispõe de fracos sistemas de Saúde já sobrecarregados de doenças como cólera, malária e ébola.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *