Quantcast

Jovens angolanos criam “Projecto Luz” para ajudar famílias carentes que não têm acesso a energia eléctrica

0
Campanha Dstv Liga dos Campeões

A associação beneficente ‘Change 1’s Life’ constituída e liderada por jovens angolanos e concebida para trabalhar em causas nobres, criou recentemente o ‘Projecto Luz’ para ajudar comunidades carenciadas e alunos de diversos ciclos escolares de Angola e não só, que não têm acesso a electricidade e também impedir que os mesmos usem combustíveis tóxicos e dispendiosos.

Em entrevista exclusiva ao AngoRussia o fundador da referida associação, Edmilson Ângelo, contou que a ideia de criar o “Projecto Luz” surgiu em 2016 época em que foi convidado a participar de um fórum organizado pelo cantor Akon, em Londres, com objectivo de debater sobre o desenvolvimento sustentável de África, mas que só em Agosto de 2017 o mesmo começou a ser trabalhado, em Janeiro do corrente ano passou para a fase de experimentação, e no dia 24 do mês em curso começou por ser implementado em Angola.

“A ideia do Projecto Luz surgiu em 2016 quando fui convidado para fazer parte de um fórum organizado pelo o cantor  Akon “Lighting Africa”, em Londres este que teve como objectivo debater sobre o desenvolvimento sustentável em África e onde  falamos muito da energia renovável como um dos mecanismos mais úteis no combate à pobreza no mesmo continente. Como instituição, nós já tínhamos várias ideias de implementação de projectos de energia solar em Angola especificamente, mas tínhamos outros projectos que precisamos de colocar em prática, nomeadamente o ‘Projecto Roupa e Alimentação Para Todos’, e o nosso projecto escolar pois eram as necessidades maiores nas comunidades, orfanatos e escolas que apoiamos. Em Agosto de 2017 começamos a trabalhar no ‘Projecto Luz’ com recolha de dados, design das hélices e procura de parcerias para o mesmo, pois projectos do género requerem muito investimento e isso foi uma das maiores dificuldades uma vez que o lado financeiro da instituição ainda é financiado com meios próprios. Em Janeiro de 2018 começamos com o processo de experimentação, e no dia 24 do corrente mês começamos com a implementação do projecto em Angola”.

O Projecto solidário foi criado com a pretensão de auxiliar alunos de diversos ciclos escolares angolanos e não só, que não têm acesso à electricidade, impedir que famílias usem combustíveis dispendiosos e tóxicos que prejudicam a saúde das pessoas (principalmente crianças), aumentar o bem-estar e segurança nas comunidades mais carentes, e apoiar pequenos empreendimentos nas comunidades aonde a falta de energia dificulta as actividades do período nocturno.

A ser implementado nas 18 províncias de Angola, o “Projecto Luz” chegou em primeira mão no Bengo, Caxito, especificamente na comunidade do KM29. Em algumas províncias o projecto vai gerar benefícios em escolas, em outras em lares e orfanatos, noutras em comunas, e assim sucessivamente.

A princípio, a associação “Change 1’s Life” tenciona distribuir 50,000 hélices em todo país, passando posteriormente para segunda fase do projecto que foca em luzes solares com maior capacidade de uso e com maior impacto. “Nós acreditamos que energia renovável é o caminho certo e iremos levar este processo até a fase final da implementação de painéis solares nas habitações, escolas, ruas e não só. Luz é vida, e nos queremos ser uma luz na vida daqueles que mais necessitam, uma vez que a instituição opera também em outros países africanos este projecto também será implementado em outros países de África”, disse o fundador da instituição.

Sediada na cidade de Londres, Reino Unido, a Change 1’s Life é uma instituição criada e gerida por jovens unidos por uma causa nobre e, para este projecto estão a trabalhar a equipe completa em Angola e no Reino Unido,  juntamente com os parceiros da DVN Group em Angola, somando deste modo um total de 35 pessoas.

A associação em questão tem também um núcleo em França, na cidade de Nice. Em África tem representantes em Angola, Namíbia, África do Sul e Moçambique, porém na sua constituição o trabalho destina-se a África Sub-Sariana toda, tendo Angola como o maior foco. Nos países europeus a ‘Change 1’s Life’ trabalha na base de colheita  de donativos, preparação dos projectos, marketing e formatura financeira.

Deixe a sua opinião!

Partilhe.