Agente da Policia Nacional mata Zungueira e deixa população revoltada no Rocha Pinto


66 partilhas

No princípio da noite desta terça-feira (12), instaurou-se um tumulto envolvendo polícias e cidadãos, na Avenida 21 de Janeiro, zona do Rocha Pinto, em Luanda. Como consequência, uma cidadã (Zungueira) teria sido morta por um policial.

 

Relatos avançados por alguns órgãos de comunicação dão conta que a situação teria sido originada por um suposto disparo mortal de um agente da Polícia Nacional contra uma vendedora.

El Classic

De acordo com o director do Gabinete de Comunicação Institucional do Ministério do Interior em Luanda, Mateus Rodrigues que falava à Angop, a situação está controlada e as viaturas já podem circular com normalidade.

“Fala-se de uma denúncia de um agente que teria morto a tiro uma cidadã, isto provocou esta reacção hostil, o que nos obrigou a usar meios mais avançados para reposição e manutenção da ordem e tranquilidade pública, no local ”, disse.

Até ao momento,  num balanço provisório, o oficial da corporação aponta para a morte de uma cidadã, feridos em número não determinado e danificação de viaturas civis, que circulavam na altura na zona.

Garantiu que o suposto polícia acusado de ter disparado contra a cidadã será responsabilizado criminalmente e a par disso será aberto um inquérito  no sentido de se averiguar o que realmente ocorreu e se houve excessos, negligência ou inobservância dos princípios de actuação policial, entre os agentes, eventualmente envolvidos.

O tumulto ocorreu na zona da chamada Padaria, no sentido Aeroporto/Gamek e durante as confusões populares vedaram a via atirando fogo a pneus e outros objectos.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

66 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *