Adolescente dá à luz no meio da rua após centro médico ter se recusado em atende-la


738 partilhas

Uma adolescente indiana de 17 anos, foi obrigada a dar à luz em plena rua na madrugada de terça-feira (29), quando o centro de saúde local se recusou a atende-la por não estar acompanhada de um tutor legal que acompanhasse o trabalho de parto.

Adolescente dá à luz no meio da rua após centro médico ter se recusado em atende-la

Após ser abandonada, a adolescente passou a viver na rua durante a sua gestação por quatro meses. Vivia em Saraikela Kharsawan, no distrito indiano de Jharkhand onde foi expulsa pela família e pelo namorado por se ter engravidado acidentalmente.

Segundo o jornal Hindustan Times, a jovem foi encontrada por um homem, que ao ver a situação dirigiu-se ao centro de saúde para pedir ajuda, mas lhe foi negado pela segunda vez.

Segundo testemunhas citadas pelo jornal, as enfermeiras se negaram em ajuda-la, alegando a falta de autorização por parte dos seus superiores e dos familiares da adolescente. Depois de algumas horas de agonia, a adolescente foi ajudada por um médico quanto ao corte do cordão umbilical da criança.

Outras ajudas foram surgindo das pessoas que passavam no local, e se sensibilizavam com a situação, e acabaram por chamar um transporte para leva-la a um hospital.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

738 partilhas