Yonaza Almeida afirma que vive dos ganhos da profissão de “Influenciadora Digital”


Youtuber há quase cinco anos, Yonaza Almeida, declarou recentemente em entrevista exclusiva ao AngoRussia que apesar da maioria das pessoas e empresas reclamarem de baixas em tempo de pandemia, para si tem sido uma época de benefícios e oportunidades.

Durante a conversa, a influenciadora digital e youtuber, fez saber que é nesta fase pandêmica que conseguiu atingir grandes patamares na sua carreira, uma vez que com o surgimento do Covid-19, seguido do estado de emergência que o país e o mundo registou, as pessoas passaram a valorizar mais os criadores de conteúdos.

Publicidade

“Antigamente as pessoas não acreditavam nesse trabalho, diziam que era loucura, mas hoje o Covid fez as pessoas valorizarem os influenciadores e os Youtubers. A pandemia para mim trouxe muitos benefícios e oportunidades”, frisou.

Yonaza realçou que com o tempo as pessoas começam a ver os profissionais da área como grandes aliados para melhorar o posicionamento das suas marcas e venda dos seus produtos. Representando mais de cinco marcas, revelou ainda que no início foi difícil, mas que hoje já consegue viver do que faz e que o seu trabalho de digital influencer paga as suas contas.

“As pessoas precisam de publicidades, as empresas então vão contratando e nós vamos dizer que o nosso trabalho é X e Y e temos que explicar por que razão tem que ser remunerado.

Numa sociedade em que cada um tem seus ideais, a jovem influenciadora diz que é um trabalho difícil e uma responsabilidade muito grande ser fazedora de opinião.

Durante a entrevista Yonaza lembrou que a abordagem menos boa que fez em seu canal e gerou muita discórdia foi quando falou sobre religião e a mais positiva foi sobre o amor próprio, e o uso do cabelo natural, que ajudou muitas mulheres, senhoras e meninas a assumirem as suas madeixas naturais.

Para terminar a jovem inflenciadora deixou uma mensagem de incentivo para quem está a começar ou pensa em se tornar influenciador/a digital ou Youtuber.

“A mensagem principal é ser autêntico, inventar um personagem não dá certo, têm que conhecer a forma como nós somos, a nossa energia, para que as pessoas nos sigam pelo que somos e não pela aparência e ter muita paciência”, finalizou.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *