Vui Vui estreia-se nas vestes de escritor: “Não Basta Apenas Ter Talento”


O rapper Vui-Vui procedeu o lançamento da sua primeira obra literária “ Não basta apenas ter talento” , uma obra de 80 páginas onde o escritor orienta os artistas e não só a se empenharem na “luta” pelos objectivos, explicando que apenas talento não é suficiente para alcançar o sucesso.

vui livro

Como nos contos de fada “De Plebeu a um Príncipe ”, das ruas para um castelo, foi assim que o rapper Vui Vui mudou a sua trajetória na música.

Publicidade

O responsável pela fundação do grupo Kalibrados, Vui Vui, estreou-se nesta quinta-feira (18), no Hotel Epic Sana, como o mais novo escritor, com a sua primeira obra literária “Não basta apenas ter talento” onde relata um pouco de tudo para se chegar no Top do sucesso.

Com apenas 80 páginas o escritor esclarece em linguagem “terra a terra”, as principais atitudes que uma pessoa deve acatar para ser bem sucedido na vida. O livro revela as três passos que te levam ao sucesso (ter Objectivos, Trabalhar Arduamente e Persistir), porque todos somos talentos, basta seguir esses três passos.

Vui vui luzy

“Escrevi este pequeno manual para todo jovem que precisa de apenas uma força, um empurrãozinho para ter a atitude de correr atrás dos seus sonhos”, começou por dizer o escritor.

Ivo acrescentou ainda que este livro serve para pintores, músicos, contabilista, mecânicos, electricista entre outros, sem se importar com a profissão.

“Pelo título, parece que escrevi apenas para os artistas, mas na verdade este livro serve para pintores, músicos, contabilista, mecânicos, electricista, não importa a profissão, somos todos talentosos”, rematou.

Num dos seus capítulos o autor frisa a diferença entre ter Talento e ter Dom, mencionando algumas divas da música angolana e o atleta José Sayovo.

“Dom significa dádiva, presente. Dom é o potencial para desempenhar com alguma facilidade determinadas tarefas que são complexas para a maioria. As pessoas que normalmente têm Dom são, por exemplo, os cantores de ópera. Outros exemplos práticos de pessoas com dom são as nossas divas, Ary, Yola Semedo, Pérola, entre outras. Essas pessoas têm um dom nato, encantam-nos com as suas lindas vozes”, defendeu o rapper.

A cerimonia contou com  a presença de familiares, amigos e estrelas do futebol angolano como Akwa, o músico JD e o Mister Angola 2016 Maurício Eusebio.

“Talento é o gosto especial que uma pessoa tem para desempenhar determinada tarefa. Qualquer talento depende de três atitudes: acreditar, treinar e persistir com disciplina. O grande exemplo são os atletas de corridas-por mais que gostem de correr, têm de passar horas a tonificar o corpo e a treinar muito para chegar ao potencial máximo. O exemplo prático é o lendário José Sayovo que, depois de lutar na guerra civil que assolou Angola, ganhou gosto por varrida e trabalhou arduamente, desenvolvendo assim o seu talento e, consequentemente, tornou-se uma potência mundial de atletismo”, escreveu numa das frases do livro o escritor.

Vui Vui, com dois discos no mercado pelo grupo Kalibrados, informou também que quer passar pelas 18 províncias do país, com esta mensagem que considera encorajadora para qualquer ser humano, independentemente da profissão que esteja a exercer.

Vui vui2 Vui vui talento Vui vui JD1 Vui vui livro Selda Vui vui

Veja aqui todas as fotos do evento.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!