Um orgasmo por dia melhora a qualidade do seu sono, diz especialista


Provavelmente já ouviu falar (ou se apercebeu) do efeito que o sexo ou a masturbação têm no sono. Este efeito deve-se ao que se passa no corpo quando se chega ao orgasmo, mas porquê?

orgasmo

Quando se chega ao orgasmo o corpo liberta “um cocktail de químicos” – incluindo oxitocina, norepinefrina, vasopressina, prolactina e serotonina – que já foi provado que de uma forma ou de outra melhoram a qualidade do sono, como explica Shawn Stevenson, autor do livro ‘Sleep Smarter’, no vídeo acima partilhado pelo canal de YouTube do Huffington Post.

Publicidade

Os orgasmos diminuem os níveis de cortisol e por isso ajudam a aliviar o stress. A oxitocina – também conhecida como hormona do amor – atua contrariando a hormona do stress, o cortisol. A vasopressina também atua diminuindo os níveis de cortisol.

Já a seretonina, também conhecida como hormona do prazer, é libertada durante o orgasmo e faz com que se sinta bem. A norepinefrina ajuda a regular os ciclos do corpo acordar-dormir.

A serotonina facilita o sono profundo e sem sonhos. A norepinefrina durante o sono trabalha em conjunto com a serotonina aumentando a sua eficácia no sono profundo.

 Segundo estudos, quando a prolactina, hormona ligada à satisfação sexual, é libertada surge uma sonolência quase imediata.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!