Retrospectiva 2018: Kyaku Kyadaff, Filho do Zua, Silvio Nascimento entre os artistas mais premiados


O ano de 2018 principiou devidamente, com compensações para algumas personalidades nacionais, está a culminar satisfatoriamente para uns e nem tanto para outros, mas o certo é que vários são os músicos que não poderão lamuriar-se da sorte neste ano. Conforme segue abaixo algumas personalidades que marcaram o ano com troféus em Angola e além-fronteiras.

Retrospectiva 2018: Kyaku Kyadaff, Filho do Zua, Silvio Nascimento entre os artistas mais premiados

Os artistas angolanos Kyaku Kyadaff, Filho do Zua, Yola Semedo, Preto Show, bem como o grupo de Rap Mobbers, lideraram a lista dos artistas que mais distinções receberam ao longo do ano.

Com alguns anos de carreira, Kyaku Kyadaff, conseguiu em 2018 figurar seu nome para o leque de artistas angolanos com reconhecimento nacional e internacional, pois, arrebatou cinco troféus em diferentes concursos. O cantor foi galardoado como o vencedor do “Top Rádio Luanda”, “Top dos Mais Queridos”, “Melhor Artista Masculino”, dos AMA 2018, na mesma noite o cantor não ficou por aí, conquistou ainda mais um troféu de “Melhor Álbum”, Kyaku, voltou a emocionar-se quando arrebatou mais um prémio internacional de “Melhor Artista Masculino da Lusofonia”, na quinta edição dos AFRIMMA 2018, realizada nos Estados Unidos da América.

Retrospectiva 2018: Kyaku Kyadaff, Filho do Zua, Silvio Nascimento entre os artistas mais premiados

O músico Filho do Zua, também esteve em grande nas galas de premiações ao longo do ano, com arrebatamento de 3 prémios, na sexta edição do “Angola Music Award”, sendo distinguido como vencedor nas categorias de “Melhor Produção Musical”, “Melhor Kizomba” e “Melhor Gueto Zouk”, foi igualmente o grande vencedor da 19ª. edição da gala do “Top dos Mais Queridos” ao arrebatar dois prémios, “Voz Masculina Revelação e Kizomba do Ano”, “Cantor do Ano”, no concurso Jovem de Mérito.

Retrospectiva 2018: Kyaku Kyadaff, Filho do Zua, Silvio Nascimento entre os artistas mais premiados

Por outro lado, as figuras que também não poderão lamuriar-se da sorte neste ano são: Daniel Nascimento, vencedor do prémio de “Melhor Apresentador”, pelos Globos de Ouro 2018, igualmente ao Moda Luanda 2018, o prémio de “Melhor apresentador de Entretenimento de 2017”, voltou a ser galardoado como “Melhor Apresentador de Entretenimento”, na Gala Palanca Negra Gigante.

Retrospectiva 2018: Kyaku Kyadaff, Filho do Zua, Silvio Nascimento entre os artistas mais premiados

O actor e apresentador, Sílvio Nascimento, que há pouco passou a ser agenciado pela Clé Entertainment, foi detentor do Globo de Ouro de “Melhor Actor 2017”, foi distinguido como “Melhor Actor Africano em Portugal” na gala África “Is More”, igualmente nos prémios Angola 35º Graus com o prémio “Promoção Internacional”.

Retrospectiva 2018: Kyaku Kyadaff, Filho do Zua, Silvio Nascimento entre os artistas mais premiados

A cantora Yola Semedo, venceu prémios de “Melhor Intérprete Feminino 2018”, pelos Globos de Ouro 2018, premiada igualmente como a “Voz Feminina do Ano”, no “Top Rádio Luanda”.

Retrospectiva 2018: Kyaku Kyadaff, Filho do Zua, Silvio Nascimento entre os artistas mais premiados

O cantor Cef venceu duas categorias e conquistou o maior número de troféus da 21ª edição dos prémios Moda Luanda, arrebatando as estatuetas de “Melhor Intérprete Masculino e Melhor Álbum do Ano”.

Retrospectiva 2018: Kyaku Kyadaff, Filho do Zua, Silvio Nascimento entre os artistas mais premiados

Cabingano Manuel conquistou, o prémio “Jovem de Mérito do Ano” e foi igualmente o grande vencedor da noite, ao arrebatar ainda o prémio da “Comunicação Social”, num concurso organizado pelo Secretariado Provincial da JMPLA de Luanda.

Retrospectiva 2018: Kyaku Kyadaff, Filho do Zua, Silvio Nascimento entre os artistas mais premiados

Importa salientar que neste mesmo ano, os cantores Yola Araújo e Preto Show, conseguiram pela primeira vez figurar seus nomes na galeria dos músicos dos PALOP, com a conquista do troféu de “Melhor Artista Masculino e Feminino dos PALOP”, respectivamente, na mais recente edição dos “African Entertainment Awards” (AEAUSA), em Outubro, em Nova Jersey, nos Estados Unidos da América.

 

 

 

Por: Benedito Lurdes


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *