Público reconhece a importância das páginas angolanas de memes


Com o surgimento da pandemia e consequente confinamento obrigatório, as pessoas a nível do mundo foram obrigadas a se reinventar e a arranjar formas de se divertir e passar o tempo dentro de casa. Com os angolanos não foi diferente e grande parte da população com acesso à internet encontrou nas páginas nacionais  de memes um verdadeiro refúgio e um óptimo aliado quando o assunto é se entreter. 

Por conta dos conteúdos humorísticos disseminados nesta difícil fase, a tempo inteiro, quase sempre ligados à realidade do povo angolano e não só, as páginas de memes atingiram um patamar elevado e conquistaram o coração de milhares de pessoas que reconhecem a sua importância e gostariam que se fizesse algo em prol da “classe memeira angolana”, uma vez que têm noção que não é m trabalho fácil.

Publicidade

Como sugestão, os amantes de memes têm enfatizado nas redes sociais que gostariam que se criasse uma premiação que destacasse o trabalho desses profissionais.

Entre os criadores que usam a realidade cultural, económica e social de Angola para criar conteúdos que proporcionem boa disposição e alegria aos angolanos, destacam-se as páginas ” Falas Atoa”, Samerda_ao”, “Angola Depressão”, “Memeiras12” e “Mufete de frango”.

A líderar o ranking das mais seguidas no Instagram, está a página Angola Depressão que possui 104 mil seguidores. Ocupa o segundo lugar “Memeiras12”, a seguir está o Falas_Atoa com 64,9 m, seguida pela Mufete de Frango, com 32 m e a encerrar está a página Samerda_ao com 24,5 m.

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *