Consumo diário de couve ajuda a combater a pressão alta


230 partilhas

A pressão alta, também chamada de hipertensão arterial, é caracterizada pela pressão acima de 14 por 9 (140 X 90 mmHg), uma doença crônica sem cura e, quando não é devidamente tratada, pode aumentar o risco de desenvolver problemas de saúde graves, como enfarto, derrame ou comprometimento renal. Mas segundos estudos médicos é possível reduzir os riscos de hipertensão, devido ao consumo diário de vegetal ricos em potássio.

Normalmente alterar a dieta nos dias de hoje é uma das formas mais simples de reduzir as chances de vir a experienciar alguns destes problemas potencialmente fatais. Se pretende manter uma saúde mais estável e reduzir o risco de hipertensão, deve comer mais alimentos ricos em potássio, assim como a couve que é rica em vitamina C, beta-caroteno e fibra, é carregada com boa quantidade de cálcio, magnésio, potássio, ácido fólico, fibra, zinco, sódio, cobre e ácidos graxos ômega-3.

A couve tem benefícios para saúde como prevenir não só a pressão alta, como o câncer, reduzir a inflamação, dor nas articulações, irritação, febre, alergias e doenças da pele, protege a saúde da visão, ajuda a perder Peso, melhora o cérebro, protege os ossos, desintoxica o corpo, entre outras doenças.

Além da couve, outros vegetais como cenoura, brócolos, espinafre, também estão entre os alimentos que podem ajudar a equilibrar os níveis de sal no corpo, promovendo o bom funcionamento de órgãos vitais como os rins, isso porquê eles são ricos em potássio são benéficos na regulação da tensão arterial, já que o potássio atenua os efeitos do sódio.

Geralmente, a pressão alta causa sintomas como tonturas, visão turva ou falta de ar quando a pressão está muito alta, durante o que chamamos de crise hipertensiva. Por ela não ter cura e ser bastante silenciosa, pode ser controlada através de com comprimidos indicados pelo cardiologista, além de uma alimentação pobre em sal e gorduras e a prática regular de exercício físico.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

230 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *