Estes alimentos vão ajudá-lo a ganhar massa muscular e manter a saúde estável


434 partilhas

Talvez não prestou atenção, mas nesta quarentena, as recomendações para ficar em casa podem estar a afectar a sua forma física com as refeições exageradas ou com falta de exercícios físicos. O AngoRussia, tem para si que gosta de manter a boa forma, ao seguir uma dieta rigorosa com alimentação mais saudável, alguns dos alimentos que o vão ajudar a não ganhar peso mas que vão aumentar a sua  massa muscular. 

Após horas de exercícios em casa, nada melhor que fazer uma refeição a altura, com alimentos que contém Omega 3, ferro, vitamina do complexo B, cálcio, magnésio e outras proteínas que o levam a ganhar massa muscular como o peixe salmão, ovo, atum, feijão frade, abacate, leite, entre outros.

Publicidade

Salmão

Deve procurar inclui-lo regularmente na sua alimentação, uma vez que é rico em ácidos gordos ómega-3, uma gordura boa com efeito anti-inflamatório, que ajuda na recuperação muscular e ainda fortalecem a saúde cardiovascular, controlam os níveis de colesterol, facilitam a digestão. Além disso, o salmão é também uma boa fonte de vitaminas A, B12, D e E, de ácido fólico, de cálcio e ainda de selénio.

Carnes

É sabido que todas as carnes são ricas em proteínas e ferro, nutrientes que estimulam a hipertrofia e aumentam a quantidade de oxigénio nos músculos, por isso é recomendável acrescentar no seu cardápio nesta quarentena.

Feijão Frade

Uma fonte de proteína vegetal, o feijão frade fica ainda mais rico quando consumido juntamente com o arroz, saladas, ou nas refeições principais, pois proporciona uma boa combinação de aminoácidos para os músculos. Possui igualmente uma boa quantidade de ácido fólico, mais do que vitaminas é rico em minerais, tais como: potássio, fósforo, ferro, magnésio e zinco.

Ovo

Não faz sentido taxá-lo de vilão para as suas refeições. Muito pelo contrário, o ovo dá saciedade, ajuda na construção dos músculos, afia o cérebro, protege os olhos. E além de ser uma fonte de proteínas, também contém ferro e vitaminas do complexo B, que e favorecem o seu crescimento.

Atum

Sob a ótica nutricional, o atum é considerado um alimento com fonte de proteína de alto valor biológico e com baixo teor de gorduras saturadas, sendo uma excelente fonte de vitamina B3, relacionada às reações para produção de energia no corpo, a vitamina B12, que participa na formação das hemácias e no funcionamento do sistema nervoso central e vitamina B6, que auxilia no metabolismo das proteínas e gorduras. O peixe rico em Omega-3, é também figura dentre as limitadas fontes alimentares de vitamina D, relacionada não somente à saúde dos ossos, mas também actua no sistema imunológico e neurológico.

Abacate

Além de ajudar a hidratar a pele e os cabelos e melhorar a circulação sanguínea, o abacate é uma excelente fonte de calorias e gorduras saudáveis como o ômega 3, que aumenta a quantidade de energia e antioxidantes.

Leite

Uma das melhores fontes de cálcio disponível, o leite é essencial para a saúde dos ossos e dentes e seu consumo irá prevenir a osteoporose. Além disso, ele pode contribuir para a perda de peso, proporcionar bem-estar, prevenir o diabetes tipo 2. Rico também em proteínas como fósforo e magnésio, minerais importantes para estimular a contração muscular e aumentar o rendimento do treino.

Nesta quarentena, não deixe faltar estes alimentos em seu cardápio diário. De lembrar que todos eles devem ser acompanhados por algum exercício físico.

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

434 partilhas

Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *