Impotência sexual é uma das principais causas dos divórcios em Angola


3.1k partilhas

A pobreza, a impotência sexual, a rejeição de um dos parceiros, a falta de diálogo e a intromissão dos familiares nos assuntos dos casais constituem as principais causas dos divórcios em Angola, apontou sábado, em Luanda, o líder espiritual da Igreja da Palavra e Poder Divino Apostólica (IPPDA), apóstolo Victor David Segunda.

Impotência sexual é uma das principais causas dos divórcios em Angola

Em declarações à Angop, à margem do culto de acção de graças da IPPDA, o missionário apontou também a falta de satisfação sexual por parte de muitas mulheres, facto que as leva a procurarem outros parceiros  fora do lar, levando consigo em muitos casos doenças entre outros males.

Afirmou que a pobreza aliada a falta de recursos financeiros por parte dos homens para sufragar as necessidades do lar tem levado  muitas mulheres a procurarem outros parceiros e como consequência  provocam a separação do lar.

Referiu que este mal é originado pela falta de emprego  que muitos jovens enfrentam aliado à ambição desmedida de muitas mulheres em verem os seus problemas resolvidos de forma rápida e sem  discernimento.

A esses factores o apóstolo Victor David Segunda acrescentou a  intromissão de familiares em questões que apenas dizem respeito aos casais, onde os conselhos dados não são os mais adequados,  provocando as separações.

Considerou ser papel da igreja abordar estas questões em momentos  próprios com as pessoas que tenham a capacidade de  ensinar as que não sabem como agir nestas circunstâncias.

Realçou que o divórcio tem contribuído para a desestruturação das  famílias angolanas onde  os filhos  tendem a perder os valores morais e éticos.

Na óptica do apóstolo Victor David Segunda, o casamento é uma condição impensável para uma sociedade santa, onde não impere a infidelidade, nem a mentira, nem tão pouco a falta de perdão.

Frisou que os casais devem olhar para o divórcio como um problema social que carece de políticas públicas apropriadas e investir na superação desta situação para o bem da sociedade, e que a superação de problemas entre cônjuges pode evitar qualquer questão que levaria o casal ao divórcio.

Por outro lado, o missionário avançou que na primeira quinzena do próximo mês serão consagrados missionários, evangelistas, pastores e diáconos nas províncias do Cuanza Sul, Uíge e Luanda, bem como, em Moçambique e Brasil.

A IPPDA está implantada a nível nacional, na Namíbia, Moçambique, Brasil, Portugal, África do Sul e Bolívia.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

3.1k partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *