Entenda a razão que leva algumas pessoas a humilhar e denegrir outras nas redes sociais


216 partilhas

Parece absurdo mas, existem actualmente pessoas que sentem prazer em humilhar, denegrir e inferiorizar  terceiros com atitudes e principalmente com palavras. Nas redes sociais tal acto é cada vez mais notório, são partilhas e comentários que ilustram palavras extremamente ofensivas e de carácter deprimente, e é em função disso que trouxemos esse artigo que lhe vai ajudar a entender a razão pela qual se age desta maneira triste.

Quem se pré-dispõe a inferiorizar outras pessoas seja em que circunstância for, de forma evidente mostra não ser uma pessoa muito empática, ou seja é alguém sem grande preocupação com o sofrimento e a dor que impõem aos outros. Pessoas do género quase sempre são criaturas mais egoístas, voltadas para os seus próprios interesses.

Segundo artigos de psicólogos, entre as razões que levam a essa atitude má estão o exibicionismo, a insegurança nos relacionamentos, o rancor causado por questões mal resolvidas no passado e a necessidade de autoafirmação.

Ao mesmo tempo em que nas outras pessoas encontra-se a comunhão da identidade própria, também encontra-se nelas a negação dessa identidade, pelo facto de se tratar de indivíduos diferentes muitos desejam se tornar iguais às outras pessoas, então imaginam que as mesmas já são aquilo que eles desejam ser mas ainda não são.

Na medida em que encontram nas outras a realização da sua identidade, a relação com elas é pautada por toda sorte de sentimentos afectuosos e positivos. Mas, na medida em que encontram nelas a negação da sua identidade, o resultado é o sentimento de inferioridade e os afectos que nele se baseiam, como o ciúme, a inveja, a raiva, etc.

Quando o sentimento em relação a outrem é de inferioridade, a reacção natural que alguém em ‘desvantagem’ tem é tentar fazer com que a outra pessoa se sinta mais inferior a si, deste modo responde-se a ela com o desdém, em actos e palavras, com críticas destrutivas, ironias e sarcasmos que façam pouco do que ela é e do que ela faz. Tais comportamentos constituem vão esforço de se sentir superiores àqueles que, para uns, são superiores a si.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

216 partilhas