Elias Dya Kimuezo conta testemunho do massacre de 4 de Fevereiro


Elias Dya Kimuezo vai partilhar neste quinta-feira (04) de Fevereiro, durante o programa “O momento da Blindada” as experiências que viveu na época do massacre que o país registou na fase do Início da Luta Armada de Libertação Nacional.

No programa de hoje, Stela de Carvalho entrevista Elias Dya Kimuezo, uma figura incontornável da cultura nacional, que desempenhou um papel fundamental no processo de repreensão colonial, usando a sua musicalidade como elemento de construção de uma consciência nacionalista, contribuindo para a resistência e luta anticolonial.

Publicidade

Elias José Francisco ou simplesmente “Rei Elias” é o consagrado “Rei da música angolana”, nasceu no bairro Marçal em Luanda no ano de 1963, começou a cantar aos 15 anos de idade e durante todos estes anos de carreira tem sido um artista conservador das línguas nacionais, que por via das suas músicas partilha mensagens de patriotismo, esperança e defende a cultura angolana com alma e paixão, deixando um grande legado às novas gerações.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *