Conheça a designer angolana Giselly Fernando que teve os seus trabalhos expostos nas ruas de Nova Iorque


A designer angolana Giselly Bernardo, falou recentemente em exclusivo ao ANGORUSSIA sobre o seu projecto gráfico e da sensação de ver a sua arte exposta  em um dos edíficios mais famosos do  mundo.

Depois de disputar com mais de 100 artistas plásticos e vencer um concuso internacional baseado no Reddit, Giselly contou que tudo que sabe foi fruto da auto-aprendizagem, e que por este motivo carece e tem corrido atrás de formação para se tornar ainda mais profissional.

Publicidade

”Ainda não me considero propriamente uma “artista”, pois careço de formação, tudo o criei até agora é fruto do processo de auto-aprendizagem. Por isso continuo a procurar formas de obter a formação que tanto desejo”, disse.

Para a artista, a arte incluí várias formas de expressão e o Design não fica de fora. Giselly acrescentou ainda que tem outras paixões como a pintura e o desenho, os quais não faz profissionalmente.

”De momento o meu foco é o design gráfico. Apesar de também produzir outros tipos de arte como pinturas e desenhos (não profissionalmente), eu tenho investido nesta subcategoria de arte. Arte tem várias formas de expressão e design gráfico é uma delas, sublinhou.

A artista aproveitou a ocasião para apresentar o seu projecto e dizer qual é a sua finalidade.

O nome do meu projecto/design é “Smoothest Butter”, e tem como objectivo promover a banda Sul-Coreana “BTS” e o seu single mais recente “Butter” porque a condição do concurso era usar imagens relacionadas aos mesmos, frisou.

Lisonjeada  por ver o seu trabalho reconhecido, Giselly contou ainda que, apesar de não ter visto pessoalmente várias pessoas que reconheceram o seu trabalho fizeram questão de fotografar e enviar para a mesma.

É uma emoção muito grande, queria poder ir ver pessoalmente, mas infelizmente não será possível, mas muitos residentes se predispuseram a tirar fotografias por mim! Toda esta bondade tocou-me, conluiu.

Giselly faz parte de um grupo de angolanos que têm levado com dignidade o nome do país alem fronteiras.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!