7 dos motivos para usar lubrificantes durante o sexo


153 partilhas

Embora normalmente seja utilizado na prática do sexo anal, é muito útil para auxiliar o sexo vaginal, quando a lubrificação natural é insuficiente ou há desconforto pela fricção, como também é utilizado para realização de exames ginecológicos e proctológicos.

7 dos motivos para usar lubrificantes durante o sexo

 

Muitas das vezes, as pessoas utilizam saliva no acto sexual para aumentar a lubrificação, mas na verdade ela seca rapidamente e pode alterar o pH vaginal, motivo este que os ginecológicos aconselham sempre o uso de lubrificante durante o sexo.

  • Facilita o orgasmo, muitas vezes, como a lubrificação espontânea adequada pode demorar mais que o esperado, o uso do lubrificante pode sinalizar para o corpo que já está na excitação máxima e facilitar o orgasmo.
  • Pode prevenir infecções, como corrimentos ou infecção urinária.
  • Evita dor no pênis, assim como pode evitar dor e machucados na vagina, também evitará para o pênis, tornando a relação muito mais prazerosa para o homem também.
  • Sexo anal mais prazeroso, muito da dor que se sente ao tentar praticar sexo anal é devido ao fato de que o ânus não se lubrifica naturalmente tão bem como a vagina, o atrito aumenta, causando tensão e dor.
  • Pode evitar que a camisinha se rompa, muitas pessoas se queixam que a lubrificação diminui com o uso do preservativo, mesmo aqueles que já vem com lubrificante, podem se secar com a actividade sexual, podendo-se romper ou diminuir o prazer. Por isso usar uma pequena quantidade pode melhorar muito a sensação.
  • Melhora o prazer na masturbação, não só com lubrificantes como também com o uso de brinquedos sexuais,  motivo que melhora durante a relação sexual.
  • Sexo oral fica ainda mais agradável, ao lembrar na saliva, o uso de lubrificante pode tornar seu sexo oral muito mais agradável, por existirem muitos com sabores e cheiros diferentes, o que tornará sua relação sexual muito mais diversificada.

A secura vaginal realmente é uma indicação muito conhecida, não só para quem está na menopausa como também em outras situações, como amamentação, uso de medicações que apresentam esse efeito colateral, stress, anticoncepcionais, entre outros.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

153 partilhas

Um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  1. Ola gente

    Amei algumas publicacoes e ajudou me atender algumas coisas q tem a ver comigo.
    Cps