Nova temporada de “The Voice Kids” traz novidades e realização dos sonhos dos mais pequenos


A nova temporada do reality brasileiro ‘The Voice Kids’, que estreia neste domingo, 08 de Maio, na rede Globo, traz as realizações dos sonhos das crianças que dão os seus primeiros passos na música. O público angolano vai poder acompanhar a 7ª temporada do programa às 13h  e 25 minutos, na posição 10 da Zap.

Nas cadeiras dos técnicos, terá uma novidade, a dupla Maiara & Maraisa junta-se a Carlinhos Brown e  Michel Teló, com toda a sua experiência, potência e uma boa dose de humor. Na apresentação, Márcio Garcia segue acompanhado pela Thalita Rebouças, que tem a missão de acalmar o coração dos participantes e dos seus familiares.

Para traçar o novo caminho, os candidatos poderão contar com a ajuda dos técnicos. Maiara & Maraisa começaram as suas carreiras, aos cinco anos de idade e testemunham ser uma responsabilidade enorme lidar com o novo desafio.

“É uma responsabilidade gigantesca. Nós temos de ter muita sabedoria e cuidado, porque são crianças sonhadoras e esse momento delas, aqui, é de fortalecimento. Queremos impulsioná-las, independentemente da música ou do que elas queiram ser”, afirma Maraisa.

The Voice Kids é um ‘talent’ show que desde 2016 tem realizado os sonhos guardados pelas melodias da infância. Para Maiara o objectivo do programa não é apenas diversão, mas também um aprendizado que visa mudar a vida dos participantes.

“É um programa de muita alegria, diversão e competição. Afinal, é um jogo e viemos para ganhar. Queremos descobrir um novo talento do Brasil e não só, mudar a vida de muitas pessoas”, completa Maiara.

O técnico vencedor da última edição do “The Voice Kids”, Michel Teló, entrega a sua estratégia e revela que se vê em cada criança que passa pelo programa.

“Minha estratégia sempre foi usar o coração e ir pelo que eu sinto. Aqui todo mundo canta muito, todo mundo tem muita técnica. O nível do programa é cada vez maior, então sempre são grandes vozes. Eu sempre sigo o coração. Vejo-me em cada criança que sobe ao palco, que canta e conta sua história. Tem muito a ver com a minha história, de quando eu comecei. Fui descoberto no colégio por um professor e de repente, estava a cantar nos corais, apresentando-me nos festivais e ir cantar onde os meus pais levavam-me. Aqui, todos recebem muito apoio e contam com uma torcida muito grande”, conclui. 

Os telespectadores em Angola podem acompanhar os conteúdos através do Globo e Globo ON, posições 10 e 72 da ZAP.