RNA realiza gala mas não vai eleger ‘Cantor mais querido do país de 2020’: “conjuntura não aconselha”


A organização do prémio Top dos Mais Querido, anunciou que este ano o evento acontecerá em um formato diferente do habitual. Entre as novidades, está a não eleição do artista ‘Mais Querido de 2020’.

Segundo a organização do evento, a conjuntura mundial não aconselha a realização do concurso devido a pandemia da Covid-19, razão pela qual o seu formato tradicional sofre uma alteração.

Publicidade

O Top dos Mais Querido 2020 será prestada homenagem à Rádio Nacional de Angola (RNA) pelo contributo na produção, promoção e divulgação da música angolana.

“Vamos destacar os grandes momentos da nação musical, homenageando os diferentes géneros musicais e os grandes ícones da nossa música nos 45 anos de Angola, associando o teatro à música”, diz a organização no documento.

Yannick Afroman, com a  música “Bakongo”,   conquistou a edição de 2019, se tornando no primeiro rapper da história conseguir tal feito.

O Top dos Mais Queridos é uma iniciativa cultural da Radiodifusão Nacional de Angola-EP (RNA-EP) que visa premiar as músicas de cantores individuais ou bandas, mais ouvidas nos seus canais envolvendo os ouvintes pela votação no processo de seleção das canções em concurso.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *