Retrospectiva 2020: Re(veja) a lista dos Djs que protagonizaram badaladas festas online durante a quarentena


Com o fecho das casas noturnas e a proibição da realização de festas públicas, os profissionais da área tiveram que se reinventar. Impossibilitados de trabalhar, os Disc Jockeys aproveitaram as plataformas digitais para manterem o seu trabalho activo e, proporcionaram momentos de alegria e diversão aos angolanos. 

Alguns Djs destacaram-se mais que outros e marcaram positivamente a fase mais difícil do ano, vivida pelos angolanos.

Dj Malvado

Desde o início do estado de emergência decretado em Angola, o consagrado Dj Malvado, reuniu milhares de pessoas entre famosos e anônimos, na sua página da rede social Instagram com suas transmissões ao vivo.

Dj Nelasta

Nelasta também fez parte do restrito leque de Djs que levaram as melhores ‘Festas Online’, nas plataformas digitais, ao criar um projecto de caráter solidário e arrecadou bens essenciais para um grupo alargado de crianças que pertencem à Paróquia Cristo Rei da Paz no Benfica, tendo este arrecadado na primeira edição de 3 lives, 721 mil kwanzas.

Em função do seu desempenho, Nelasta foi eleito pelos internautas o “Melhor Dj da Quarentena em Angola”, com cerca de 30.73% do votos. 

Dj Lutonda

A partir de sua casa, ao longo da fase de isolamento social, Dj Lutonda tornou-se um dos ‘favoritos’ da internet, ao tornar os dias dos angolanos mais alegres.

Mesmo com o sucesso dos seus lives, e uma agenda social  repleta de trabalhos, agora online, o Dj fez ainda parte da festa digital “DJs Em Casa”, organizada pelo produtor de eventos Mário Rodrigues e Unique Events, ao lado de outros Djs nacionais como Paulo Alves, Kapiro, Nelasta, Verigal e Bruno Tuga. O projecto arrecadou quase AKZ 5 milhões, que foram doados aos mais carentes.

Dj Kapiro

Kapiro fez questão de juntar-se aos seus colegas de profissão e realizou a partir da sua residência alguns lives com sets badalados para que todos pudessem aproveitar em segurança, dias de festas em casa.

O Dj, aproveitou o confinamento para levar aos seus seguidores e fãs, uma das festas temáticas mais famosas realizadas em quase toda parte do mundo, o ‘Sunset’, no quintal de sua casa.

Dj Pzee Boy

Longe dos palcos, a nostalgia tomou conta dos directos de Pzee Boy, que ficou conhecido nacionalmente e internacionalmente como “A dor de cabeça”, por tocar de forma extraordinária em festas temáticas, aniversários, casamentos, pedidos, discotecas, entre outros.

Pzee Boy denominou os seus lives por “Lowcost Party”, onde os fundos arrecadados foram doados ao Lar Horizonte Azul, localizado em Viana. O mesmo, procurou interagir com a plateia virtual em um campo aberto para perguntas e respostas, sobre diversos assuntos ligados a sua carreira artística.

Dj Black Spygo

Black Spygo conhecido pela diversidade que apresentou nos seus trabalhos, durante o isolamento social, o Dj e produtor que também é conhecido por fazer ‘arder’ as pistas de dança, levou inúmeras performances ao vivo, na sua conta do Instagram, como em outras plataformas digitais.