“Rainha dos lives angolanos”: Ary dá show de Kizomba em “A Nossa Kizomba by Luandina”


Uma tarde inesquecível que ficou para história da música angolana! Sincronização perfeita e ritmo dançante, a “Diva do Povo” como é acarinhada pelos angolanos, voltou a brindar os seus fãs e amantes da boa música, com um espectáculo ao vivo irrepreensível a partir da Ilha de Luanda, neste sábado (23) de Maio. O evento denominado “A Nossa Kizomba”, contou com a parceria da marca de cerveja Luandina, e foi emitido em directo no programa “Tá a Bater” do canal ZAP Viva.

 

“A Rainha dos lives angolanos”, uma vez mais, cantou e encantou, em um espetáculo ao vivo que aconteceu na tarde deste sábado (23) de Maio, ao proporcionar aos telespectadores de Cabinda ao Cunene, do Mar ao Leste, uma tarde memorável com os sucessos do seu vasto repertório, elevando o momento para a restrita lista dos melhores espectáculos em tempos de isolamento social que contou com transmissão ao vivo.

Publicidade

Ao som de “Paga que Paga”, Ary protagonizou sua entrega entrada triunfal, num iate, usando um vestido vermelho, dando inicio ao espectáculo, que teve duração de três horas. Em palco, a artista interpretou temas como “Carta de Amor”, “Não Pergunta Muito”, “Não Me Peças Para Desistir”, “Meu Amor Bazou”, “Tá Amarrado”, “Teu Grande Amor”, “Papa fugiu”, “Funge na Cachupa”, “Você me Escangalha”, “Amor da minha Vida”, “Pelo Menos 50”, “Despedida no Lar”, e outros.

Para abrilhantar ainda mais a tarde de sábado, Ary convidou o cantor Kizua Gougel e juntos interpretaram em dueto a canção “Nzagi”, tendo este dado continuidade à solo com a faixa “Manhã de Cacimbo”.

Além de seu repertório, Ary brindou ainda os telespectadores com uma pequena viajem até à Portugal ao interpretar o fado de Amália Rodrigues “Nem ás Promessas Confesso”, Brasil “Para Uso Exclusivo” de Dhi Ribeiro, Moçambique “Amor Roubado” de Guilherme Silva, Congo “Meu Amor”, de Lokua Kanza”,  Angola “Monam” de Lourdes Van-Duném, “Candinha” de David Zé, “Maka Mami”, de Mig, Cabo Verde “Bida Di Goss” de Os Tubarões, “Deception”, de Lutchiana, “N’Gapa”, dos Irmãos Almeida.

Conhecida também por ‘escangalhar’ os palcos, Ary terminou com ‘chave de ouro’  o seu quinto show com transmissão ao vivo nas plataformas digitais com “Betinho”, um dos seus maiores sucessos na sua carreira musical.

Tal como o próprio nome do espetáculo sugeriu, “Show Ary: A Nossa Kizomba by Luandina”, o estilo predominante da cantora que tem andado imparável e incomparável na sua comunicação permanente com os seus fãs, quer através dos diferentes meios de comunicação e nas suas redes sociais, esteve em destaque durante o concerto que teve como pano de fundo, o restaurante “On Board”.

Ainda em palco, a cantora revelou em conversa com os apresentadores do show e do programa “Tá a Bater” do ZAP Viva, João Chaves e Sandra Gomes, sentir saudades dos palcos, o calor e energia do seu público angolano, que ela muito ama.

Também foi notório a vibração espontânea do público, que não conseguiu esconder a satisfação de ver correspondidas as suas expectativas e se viu obrigado a cantar e aplaudir incansavelmente a partir de casa, como se podia ver em alguns vídeos partilhados na página do programa “Tá Bater”.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *