Prodígio representa Comunidade de língua portuguesa no Mandela Day 2020


O rapper angolano Prodígio foi o escolhido para representar a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, em particular Angola, no hino intitulado “Stand Together” (Mantém-se juntos, em tradução livre) de unidade para o continente nesta fase difícil da pandemia da Covid-19. O projecto foi depois seleccionado para ser estrear no evento de homenagem ao líder africano Nobel da Paz, Nelson Mandela, divulgado neste sábado (18) de Julho, assinalado como ” Mandela Day”.

O projecto liderado pela ONE.org para Africa, representados pelos sul-africanos Munya Chanetsa e Tumba Tshimanga, tem como objectivo, criar um hino de unidade para o continente nesta fase difícil da pandemia da Covid-19, com vários artistas que pudessem comunicar nas suas línguas, transmitindo a mensagem chave de prevenção “ninguém está salvo até que todos estejam salvos”.

Publicidade

“Antes de mais dizer o obvio, é uma honra fazer parte desse Dream Team, ser escolhido para representar a África que comunica em português, estar no meio de tantas estrelas e pessoas tão significativas naquilo que é o nosso ramo, fiquei surpreso e feliz com a chamada da proposta, no fundo eu sei que é para isso que eu tenho dito não a tantas coisas que vão contra a minha forma de ver a arte, esse tipo de momento mostra que valeu a pena ter me agarrado aos meus valores, não ter cedido a certas ofertas, se todos nós africanos temos noção do dia no Mandela, da importância, do simbolismo, temos noção que isso significa liberdade, esperança… Fazer parte das comemorações desse dia e brindar o mundo com boa musica nesse tempo de dificuldade, não poderia ter um sentimento melhor”, disse o rapper em declarações a revista CARGA.

A música conta ainda com as participações de 2Baba (Nigeria), Ahmed Soultan (Morocco), Ben Pol (Tanzania), Teni (Nigeria), Yemi Alade (Nigeria), Amanda Black (South Africa), Stanley Enow (Cameroon), Gigi LaMayane (South Africa) e Betty G (Ethiopia).

A produção musical  ficou a cargo do nigeriano Cobhams Asuquo.

A fundação Nelson Mandela tomou conhecimento do projecto e convidou-os a juntaram-se às comemorações do dia Internacional Nelson Mandela, na série de palestras anuais, onde já estiveram presentes nomes como Barack Obama, arcebispo Desmond Tutu, Kofi Annan, Ellen Johnson Sirleaf, Bill Clinton e muitos outros.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *