Filipe Mukenga revela que precisa de 150 mil euros para produzir nova obra


Os fazedores de cultura estão cada vez mais a encontrar dificuldades financeiras, devido a Covid 19, que obrigou o cancelamento dos shows que são uma das suas principais fontes de renda. Não alheio à isso, o cantor Filipe Mukenga revelou recentemente que tem passado por dificuldades para produzir novos trabalhos e que carece de apoio para lançar nova obra discográfica, que poderá ser a última da sua carreira. 

Em entrevista ao jornal Expansão Felipe disse que precisa da referida quantia monetária para produzir o seu sexto disco, intitulado “Trinalidades”, um projecto discográfico que envolve três álbuns composto por canções com tonalidades diferentes, muitas delas criadas em fase de pandemia. Também farão parte do projecto, algumas canções de obras anteriores mas com arranjos actuais

Publicidade

“Talvez seja o meu último trabalho, porque são muitas dificuldades. Estou  numa situação em que nunca pensei estar, tornei-me pedinte”

O artista afirmou ainda que presta-se pouca atenção aos trabalhos dos artistas que investem em músicas pouco comerciais e que os músicos que fazem estilos de músicas comerciais são os que muito rapidamente recebem abonos. O cantor não deixou de frisar que se dependesse somente da música para viver estaria a passar por dificuldades piores.

“Participei em algumas lives que se têm organizado, mas nós os músicos estamos a viver um momento difícil. Tenho sorte de ter passado na função pública e tenho a minha reforma por isso não estou aflito se estivesse só a contar com a música estaria em maus lençois”

Autor de Humbiumbi e muitas outras canções conhecidas no mercado angolano, Filipe Mukenga já conta com mais de 50 anos de carreira.

Por: Isabel Silva


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *