Carlos Burity, Patrícia Faria e Gersy Pegado encerram na base do respeito 3ª temporada do “Duetos N’Avenida”


Numa noite em o respeito e acima de tudo amizade esteve na base de tudo, três grandes artistas da música angolana de gerações diferentes, nomeadamente Carlos Burity, Patrícia Faria e Gersy Pegado que têm em comum a intimidade com o Semba, subiram num dos palcos mais antigos de Angola, Casa 70, para em dueto transformarem o local em uma ‘sala de aula’ entre professor e alunas, em uma noite memorável neste sábado (14) de Dezembro.

Por intermédio do projecto “Duetos N’Avenida”, foi possível concretizar o sonho de muitos admiradores de Carlos Burity, Patrícia Faria e Gersy Pegado, que na noite de sábado (14), deleitaram o público presente na Casa70 com vários temas musicais, sendo 19 em dueto.

Publicidade

Os três artistas que já têm um trajecto carimbado com vários sucessos nacionais e internacionais, Patrícia Faria e Gersy Pegado, deram logo inicio ao espectáculo com interpretação do single “Maria Alucase”. Em palco, as artistas que faziam parte do grupo “As Ngingas do Maculusso”, “Ilha de Luanda”, “Liberdade de Africa”, “Amor que doí castiga”, “Lamento do Contrato”, “Tona Caxi”, interpretaram em dueto músicas como  entre outras que tornaram do dueto, um dos mais aplaudidos das duas temporadas do “Duetos N’Avenida”.

Carlos Burity, que foi o homenageado da noite, subiu ao palco para interpretar, em dueto com Patricia Faria ou Gersy Pegado, sucessos como “Ojala Yeya”, “Dona Cachi”, “Nzumbi Dia Papa”, “Minga”, “Monami”, “Tia Joaquina”, “Paxi Yami”, “Canção Nostalgia”, entre outros temas. Oportunamente, Carlos Burity fez saber que esta satisfeito e feliz com a homenagem e por ter partilhado o palco com duas grandes ‘senhoras’ da música angolana, que o ajudaram a fazer vibrar os presentes e animar a noite. Ainda em palco, o cantor lamentou a morte do colega e  amigo José Kafala, que faleceu sábado, em Luanda, por doença.

Ao finalizar, Carlos Burity, Patrícia Faria e Gersy Pegado convidaram o público que lotou mais uma vez a sala da Casa 70, para uma noite de concerto, a ficarem em pé e juntos cantarem o sucesso “Manazinha”.

O projecto “Duetos N’Avenida” tem como objectivo, valorizar o talento nacional unindo no mesmo palco intérpretes das mais variadas vertentes e dispostos à criação de um concerto único, mágico e imperdível.

O projecto “Duetos N’Avenida” é realizado pelo Zona Jovem Produções, que desde Agosto de 2018 e tem movimentado a Casa 70 com encontros memoráveis. O mesmo já teve na primeira e segunda edição vozes conhecidas no mercado como  Bruna Tatiana e Edmázia Mayembe, actuaram Puto Português e Patrícia Faria, Eduardo Paim e Maya Cool, e Paulo Flores e Yuri da Cunha,  Don Kikas e Walter Ananaz, Pérola e Yola Semedo, Ary e Kyaku Kyadaff, Anna Joyce e Konde Martins, Calado Show e Gilmário Vemba, Filipe Mukenga e Selda, foram bastante concorridos pelos amantes da música angolana.

Patrícia Faria e Puto Português foram os primeiros a exibirem-se em dupla na Casa 70, neste formato de show.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *