Apenas um dia de ‘Moda Luanda’, Karina Barbosa justifica: “Muitos criadores não tiveram condições para fazer as suas colecções”


184 partilhas

A CEO da STEP e empresária Karina Barbosa, que realizou na noite desta quinta-feira (14) de Março, a apresentação dos candidatos às categorias de Música, Moda e TV e Cinema, da 22ª edição do Moda Luanda”,  falou em conversa com AngoRussia, o motivo que os levou a realizar o evento em apenas um único dia, tendo frisado que a falta de condições ‘financeiras’ que alguns estilistas tiveram para apresentar suas colecções esteve na causa da decisão.

Apenas um dia de 'Moda Luanda', Karina Barbosa justifica: "Muitos criadores não tiveram condições para fazer as suas colecções"

“Devida a crise económica que o país atravessa, houve muitos criadores que não tiveram condições de fazer as suas colecções, infelizmente não conseguiram reunir recursos, apoio, parceiros para fazer as colecções”, começou por explicar.

Karina Barbosa lamentou ter que organizar o evento em apenas um único dia quando habitualmente acontece em dois dias, mas justificou que o número reduzido de estilistas também pesou na decisão final.

“O ano passado tivemos 23 estilistas e este ano só temos 15, então como são menos não houve necessidade de fazer em dois dias, conseguimos fazer em apenas um dia, mas estamos com muita pena, eles estão também muito triste por não terem conseguido finalizar as suas colecções, esperamos que o país recupere rapidamente para que no próximo ano estas marcas e criadores possam ter condições para voltar a apresentar as suas colecções”, concluiu a responsável da STEP.

 


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

184 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *