Marco D’Santo quer ajudar novos talentos a chegarem onde chegou


Depois de ter falado sobre o fim da sua carreira no mundo da moda, o internacional modelo angolano Marco D’Santo, disse em entrevista exclusiva ao Angorussia, as razões que o levam a “nadar” em outros mares.

Marco alegou que são mais de 11 anos de moda, e que acredita que já é hora de focar em outros projectos da sua vida, mas que sempre estará disponível para ajudar e promover de forma indirecta a moda angolana.

Publicidade

“Já são longos anos de moda, de uma carreira que começou na África do Sul, depois em Inglaterra e nos últimos 11 anos em Angola. Acredito que tudo na vida tem uma fase e a minha na moda está a chegar ao mim. Hora de focar em outros projectos e ajudar a promover mais a moda angolana de uma forma mais indireta, estando no backstage”, disse Marco.

Licenciado em Gestão Empresarial e Mestre em Gestão de Recursos Humanos, o modelo destacou que  por ter um trabalho que consome muito o seu tempo e não conseguir estar a 100% na moda prefere afastar-se e dar oportunidade aos outros

“Hoje em dia quero mais ajudar os novos talentos a chegarem onde cheguei e a fazerem mais e melhor”, declarou o modelo.

Para finalizar a entrevista Marco D’Santo lembrou-se de momentos que que viveu e o quanto a moda o ajudou a combater a timidez, bem como as figuras do sector que o receberam quando chegou para trabalhar em Angola.

“Tive grandes momentos nos quais ajudaram-me muito como homem, por norma sou uma pessoa muito tímida e a moda ajudou-me a combater isso e também conheci pessoas maravilhas como o Hadja e a Karina Barbosa que praticamente moldaram-me para o mundo da moda em angola”, finalizou.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *