Depois de 6 anos, Angola sem nenhum “Anjo” no famoso desfile ‘Victoria’s Secret Fashion Show’


524 partilhas

Todos os anos há muito burburinho em torno do desfile da marca de lingerie Victoria’s Secret. Quais as modelos que irão desfilar ou que direcção tomará o design inspirado no fantástico – não lhes chamam anjos por nada. E pela primeira vez em 6 anos, Angola não teve nenhuma representante no mega-desfile anual da Victoria’s Secret Fashion Show. Sharam Diniz, Maria Borges e Amilna Estevão ficaram de fora, fazendo dos angolanos mero espectadores do evento que aconteceu em Nova York, mais precisamente no Pier 94.

Depois de 6 anos, Angola sem nenhum "Anjo" no famoso desfile 'Victoria's Secret Fashion Show'

O nome de Angola tem sido constantemente associado aos grandes palcos da moda na última década. O famoso desfile deste ano, ficou marcado pela ausência, pela primeira vez em 6 anos, de uma representante de Angola.

Sharam Diniz foi a primeira modelo angolana a mostrar em 2012, que era possível estar entre as 33 modelos mais consagradas e bonitas do mundo, ao passar no restrito casting do show Victoria’s Secret daquele ano.

Este ano a modelo que falou recentemente em entrevista sobre os danos causados a sua auto-estima a não participação em 2013 e 2014 no show de moda, mais visto do planeta, deixou de lado o mundo da moda e está a fazer a sua odisseia pelo mundo da dramaturgia, realizando um velho sonho na SIC.

Recorde-se que depois de falhar dois anos, Sharam voltou a desfilar para a marca em 2015 e 2017.

Já a top model internacional Maria Borges quebrou todos os recordes. Começou a sua participação no Victoria’s Secret Fashion Show depois de vir de várias Semanas de Moda, como Paris, Milão, Londres ou São Paulo, em 2013 e seguiu no show durante cinco anos consecutivos (até 2017), um feito nunca alcançado por nenhuma outra modelo angolana.

Em nota de imprensa, Maria ‘culpa’ sua agenda de trabalhos como embaixadora da marca de luxo francesa L’Oreal Paris com a gravação do show.

Enquanto que a modelo da Da Banda, Amilna Estevão, fez o seu debut em 2017, mas este ano ficou de fora. Nem a sua agência nem a modelo explicaram os motivos que o levaram a não fazer parte do show.

Como já é habitual, 23 anos de desfiles, o Victoria’s Secret Fashion Show levou o brilho à passerelle da cidade dos Estados Unidos, em show que contou com a presença de pelo menos 40 modelos de tendo de várias nacionalidades. O desfile só vai ser transmitido na televisão no próximo dia 2 de dezembro.

Depois de 6 anos, Angola sem nenhum "Anjo" no famoso desfile 'Victoria's Secret Fashion Show'
Victoria’s Secret Fashion Show 2018 (Foto: Reprodução/ Instagram)


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

524 partilhas

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *