Zap Cinemas abre portas ao Ciclo de Cinema Angolano


Após o sucesso em 2017 com a primeira edição, o ZAP Cinemas promove agora, durante sete dias a segunda temporada do “Ciclo de Cinema Angolano”, numa iniciativa tem como mote a promoção do cinema angolano e, de uma maneira geral, da realidade da mesma, com a exibição de filmes dos vencedores e nomeados em prestigiados festivais de cinema. 

Com inicio no dia (29) de Novembro a (05) de Dezembro, o evento vai dar visibilidade não só à ficção, mas também aos principais agentes nela envolvidos.  O Ciclo, que envolve reputadas produtoras angolanas, exibe seis produções cinematográficas nacionais de reconhecida qualidade.

Publicidade

O público em geral, vai poder ter acesso a títulos nacionais de reconhecida qualidade, retratados através de gêneros cinematográficos como documentários, dramas e acção, dos quais reconhecidos em importantes festivais internacionais de cinema como o Programa CPLP Audiovisual, o Afrika Film Festival e o Emmy Awards 2019, como  “Into The Okavango”, “Kalunga”, “Para Lá dos Meus Passos”, “Elinga 1988 – 2018”, “Falso Perfil” e “Do Outro Lado do Mundo”.

Nesta edição, o Ciclo inclui a realização de Workshops sobre cinema, que serão dirigidos a estudantes e demais interessados, as acções formativas acontecem na Universidade Metropolitana de Angola e ministrados por renomados especialistas da arte.

A responsável do ZAP Cinemas Carla Santos, considera que Angola tem um notável potencial nesta área, e que dispõe de capital humano capaz de transformar a indústria cinematográfica interna, elevando-a a uma outra dimensão.

“O ZAP Cinemas continua atento à tendência de crescimento da ficção nacional. Consideramos que Angola tem um notável potencial nesta área, e que dispõe de capital humano capaz de transformar a indústria cinematográfica interna, elevando-a a uma outra dimensão. A sua exploração e promoção está condicionada à abertura de projetos como estes, que dão oportunidade para que os nossos actores, realizadores, produtores, argumentistas e demais agentes possam divulgar a nossa realidade”, enfatizou.

Não sendo todos os dias que os filmes nacionais estão à disposição do grande público, o preço de cada ingresso custará 800 Kwanzas. Alternativamente, os interessados poderão também optar pela compra de um voucher que permite o acesso aos 5 filmes por apenas 2.500 Akz.


Gostou? Partilhe com os teus amigos!

0 Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *